Porque certificar em Microsoft MCTS – Windows Vista

Fui aprovado recentemente e todos me perguntam por que Windows Vista, já que para os que perguntam o sistema não presta, é lento etc. A minha resposta é sempre a mesma: maturidade. E assim foi na migração do Windows 3.11 para o 95, do 95 para o 98, do 98 para o XP ( e como deu trabalho do 98 pro XP se é que vocês lembram). A maioria das coisas eram baseadas no ambiente DOS. Os sistemas eram feitos em Cobol,  Basic e a única coisa que funcionava era o teclado.

win_xp_logo

O Windows XP na época era considerado um sistema pesado, e muito pesado naquela época. E os drivers? Não existia, deixando vários hardwares sem suporte. Surge o primeiro Service Pack (SP1) para tentar arrumar os problemas. Melhorou um pouco, porém o sistema precisava mais. Os problemas com rede eram graves, vírus, worms, quem não recebeu uma tela de notificação do net send (ou serviço mensageiro) cheio de mensagens em inglês pedindo pra ir a tal site baixar coisas e mais coisas. Surge então o segundo pacote de atualizações o SP2 e com ele o grande trunfo da Microsoft, o Firewall do Windows! O sistema se tornou estável, já existiam muitos aplicativos maduros o suficiente pra rodar no XP, sendo lançado posteriormente o seu terceiro Service Pack (SP3) que resolvia outros problemas graves como o vírus Conficker e permitia usar um alto grau de criptografia em rede sem fio, o modo AES ao invés do TKIP.

A mesma coisa ocorreu na migração do Windows XP para o Windows Vista.  Sistema novo e os computadores não acompanhavam ainda a revolução dos hardwares a custo acessível. Surge problemas com drivers (o de sempre, não existia drivers para o novo sistema), programas específicos para XP às vezes funcionavam no Vista, as vezes não, mesmo tentando forçar o aplicativo a rodar no modo de compatibilidade.

Porem muitas melhorias vieram com o lançamento do Vista. O primeiro e o mais notório é o Controle de Conta do Usuário (UAC), e que alguns acham “chato”, eu acho sensacional. O UAC já me salvou muitas vezes. Imagine você baixando algum arquivo no emule, e-mail e de repente o aviso do UAC “pula” na sua tela. Você nunca viu aquele nome de programa na sua vida e cancela imediatamente. Hoje em dia eu até brinco (dizendo: “É um vírus, quer permitir ou cancelar?”) com o pessoal que não gosta do UAC e deixam tudo liberado.

win_vista_logo

Outra coisa boa foi a atualização do Internet Explorer para a versão 7. As ferramentas de abas, anti-popup, busca, gerenciador de complementos, controle parental chegaram no momento certo. O Controle parental agora nativo no Vista possui uma grande variedade de controle, por hora, por dia, por programa, por site etc. Outra maravilha do Vista foi o Windows Update agora de forma nativa, não precisamos ficar visitando o site do Windows Update, ter que instalar vários controles ActiveX para funcionar sua busca, download e instalação das atualizações. Entre outros o Windows defender já ajudou a remover vários malwares, o Vista já vem com o .Net Framework nativamente etc.

Surgiu o primeiro Service Pack (SP1) para corrigir falhas em que programas não instalavam “nem com reza braba” e para melhorar o desempenho na parte de copia de arquivos.  Nesse momento estamos com o segundo pacote de atualizações (SP2) com correções e melhorias em desempenho, suporte a gravação nativa de discos Blu-Ray (BD-R).

Estamos esperando o lançamento oficial do Windows 7, e para quem já instalou, é quase a mesma coisa do Vista, melhorando o desempenho e redes (Conecta mais rápido, quando volta do modo de espera já volta conectado, etc.). Mais como tudo é uma questão de Maturidade, o Windows 7 ainda dará algum trabalho, (nem tanto para os drivers, já que o drivers do Windows Vista é quase 90% suportado no Windows 7) e agora respeitando o usuário, permitindo testar, ajudar e aprimorar o sistema antes do seu lançamento.

E vocês o que acham? Comentem!